Livros de Inglês para Download

Queridos leitores, este artigo extra em pleno domingo se faz necessário para que todos vocês pensem comigo sobre algo muito sério. Eu pelo menos acho sério! Talvez alguns de vocês não se importem com isto! Mas enfim, vamos pensar juntos.
De uns tempos para cá tenho notado o grande número de pessoas que caem neste blog após pesquisarem no Google o seguinte:
As combinações na barra de pesquisa do Google são enormes. Os títulos pesquisados também são vários.

Logo, aproveito para explicar que eu Denilso de Lima tenho dois livros publicados pela Editora Elsevier/Campus, uma grande editora com sede no Rio de Janeiro. No entanto, não ganho tanto quanto muitos possam pensar. Autores pequenos e desconhecidos não ganham tanto o quanto muita gente acha. Continue lendo e entenda isto!

Eu – o autor – ganho apenas entre 8% a 10% de cada livro vendido em território nacional. Ou seja, um dos meus livros me rende apenas R$3,60 (três reais e sessenta centavos). Sem contar que no acerto de contas com a editora, que é feito a cada 06 meses, deve ser descontado o tal Imposto de Renda (o Leão não perdoa!).

Agora veja que interessante: para que eu ganhe R$5.000,00 (cinco mil reais) com a venda deste livro é necessário que sejam vendidos 1945 exemplares do livro em um período de 06 meses. Isto significa que deveriam ser vendidos cerca de 325 exemplares por mês. Ou uma média de 11 livros por dia. Lembre do Imposto de Renda nesta matemática! O fato é que se os meus dois livros juntos conseguissem esta proeza eu ficaria muito feliz! Mas, infelizmente, não conseguem!

Afinal, não se vende tantos livros (principalmente de inglês) assim em um país como o nosso. Na verdade, no nosso país, que possui pouco mais de 2000 livrarias*, livro não é um item comprado com tanta freqüência. As livrarias só dão destaque mesmo para os livros mais vendidos e para os escritores/autores mais renomados. As próprias editoras – sem exceção – preferem investir nos autores de renome (eu ainda não estou entre eles; mas quero estar!).

Se você é um dos que chegou aqui procurando livros de inglês para download, pense bem! Talvez seja bacana conseguir as coisas assim de qualquer jeito! Pode até ser legal ver a cara das pessoas surpresas com o fato da gente conseguir burlar o sistema e conseguir algo de modo tão simples.

Mas saiba que escrever um livro leva tempo. O autor pesquisa muito, sua a camisa, agüenta piadinha dos amigos que duvidam que ele seja capaz de escrever e publicar um livro (eu agüentei muitas; até de louco megalomaníaco fui chamado! rsrsrsrs). O autor faz de tudo para ver sua obra publicada e ver seu trabalho reconhecido pelas pessoas. O autor é um cara que muitas vezes não tem muito luxo e recursos na vida (só os grandes autores têm; e são poucos grandes autores!).

Sei que falar isto aqui é o mesmo que nada! Porém, faço minha parte! Afinal, quero continuar garantindo meus R$3,60 pela venda de cada livro meu (que não passa de 300 por semestre os dois juntos). Quem sabe lá no futuro não muito distante eu consiga ter 11 livros vendidos por dia, mas até lá (e mesmo depois) eu batalharei para que a pirataria de livros não seja tão freqüente assim. Tentarei conscientizar as pessoas a investirem R$50,00 na compra de algo que vale bem mais do que uma noite na balada ou uma rodada de cerveja!

Assim como todos autores, eu tenho orgulho de ver meus livros publicados, é um trabalho que fiz e pelo qual batalhei e sonhei, e espero ganhar – um pouquinho que seja – dele.

Take care…
—————
Se você acha que cerca de 2000 livrarias no Brasil é muito; saiba que só na cidade de Paris tem mais de 2300.

  • Anonymous

    Pois, e eu a querer adquirir os seus livros e outros que recomenda aqui no seu blog – que acompanho há quase um ano – e não consigo porque vivo na Ásia. Tive que pedir esse favor ao meu patrão que foi ao Brasil em trabalho. Que os aurtores não ganham quase nada do livro já sabia, e acho muito injusto, saiu tudo das cabeças deles e só ficam com uma percentagem mínima.Raquel

  • Isaías

    Estimado Denilson,Queria muito, mas muito mesmo poder comprar livros. Até faço essa proeza de vem em quando, mas o problema Denilson é que não tenho dinheiro, o que recebo pago meu curos de inglês que é caríssimo, minha faculdade, colaboro na minha casa e pronto, o dinheior acabou literalmente.Procuro todos os meios de ncontrar artigos gratuitos pela internet em todas as áreas tanto da faculdade quanto no inglês como apoio, entretanto concorso plenamente com você, queria poder comprar os livros mas não sobra mesmo, até te peço desculpas, mas dou graçs a Deus orque tenho internet em casa caso conráario não teria grana para ir numa lan house.Espero que você obtenha sucesso nas vends dos seu livros e acredite!!! Quando sobrar um dinheirinho eu vou comprar o seu livro. Mas tem que ser bom heim. (rs).Forte abraço.

  • Renato Silva

    Denilson, o Ingles na ponta da Língua é sobre o lexical approach?Onde eu posso encontrar ele no Rio? Não to afim de comprar pela internet, valeu.

  • Tomiello

    Boa noite !Lí, relí e vou reler.. Cheguei aquí usando justamente os termos e frases que citou.. isso me conscientizou e confesso, obrigado !Vou adquirir os livros na forma oficial.Idealizadores como você não são loucos.. são idealizadores.. os que fazem que as coisas acontecem enquanto muitos vivem seus mundos permeados em hipocrisia e envoltos nos ossinhos que conquistaram na vida.. mas esquecem em dar valor à pessoas como você.Muito obrigadoBoasTomiello

  • Anonymous

    Conheço o livro Inglês na Ponta da Lingua. O livro é Fantástico! Já faz mais de 2 anos que eu comprei este livro e não me arrependo. Durante uma vigem ao Canadá em 2006,esta publicação foi bastante útil. Segue como sugestão o complemento com audio.SdsCelso

  • Érika

    Olá Denilso, Primeiramente sou su fã, também estoiu aprendendo inglês por conta própria, ouço podcast leio livros em inglês converso em inglês e tenho paraente distantes que moram na Austrália. Faço Letras hblitação em inglês. Quero dizer que comprei seu livro "por que assim e não assado" e adorei. Li e reli ele fica sempre por perto, me ajuda quero comprar seu outro livro. Esta história de baixar livros pela internet não acho muito bom , pois o prazer está em pegar o livro sentí-lo ver as letras e também colaborar para o autor que fez pesquisa e deu o seu melhor para a escrita do livro. A internet nos serve de um apoio para a pesquisa e não o único meio para tal.Parabéns!!! Tudo de bom !!!!

  • englishsweet

    OieeeDenilso,Amei sua postura! Parabéns!!!vc aconselha a compra dos seus livros pela internet???=)bjORenas

  • Anonymous

    Po perguntei sobre o lexical approach e o cara nem respondeu….nao vou comprar mais esse livro

  • Anonymous

    esse negocio de nao querer que copie as coisas pela internet ja é coisa do passado, nao tem jeito, musica, livro ou qualquer coisa que possa ser transferido para o mundo digital, vai ser copiado sem dó por quem precisa. Livros e musicas sao caros. Quer viver de ideias, vai fazer palestras. dai vc vai ter gente que realmente tem interesse em te dar dinheiro que vai comparecer.

  • Josué Ven&aci

    Oi Denilso, tudo bem??? Então lí seu depoimento sobre pirataria de livros e etc…, Te dou razão pois você é um batalhador, é só por ter um blog deste para ajudar pessoas que como eu gostaria de aprender inglês, você já merece todo os nossos agradecimentos e incentivo para que continue fazendo esse trabalho maravilhoso, parabéns e continue assim.PS: eu já tenho o livro "Como dizer tudo em Inglês" e vou ver se encontro o seu livro para comprar, pois sou auto-didata e é em livros como esses que pretendo um dia falar bem o inglês, muito obrigado.Josué de Campinas, [email protected]

  • Debby

    Boa tardeGostei da sua sinceridade. Moro em londres e estou tentando adquirir seu livros pois pelos comentarios deve ser mesmo excelente e acredito que posso realmente aprender com ele.AbraçcsBoa sorte

  • http://www.blogger.com/profile/10679697389014921166 Denilso de Lima

    Hello Debby, Thanks for your message here!In case of any help, let me know!Take care…

  • Decio

    Ola! Denilso!Puxa..vc foi demais com esse seu ideal..ao escrever esses livros…por favor não pare por ai,por favor..comprei os dois..muito bom….mas muito bom mesmo.Indico para varios amigos….comprei os livros quando li seu comentario aqui neste Blog..vc me convenceu por duas vezes.Parabens.Que Deus te abencoe.

  • Bruno de andrade Pat

    Encontrei na internet a respeito deste livro e comprei-o, realmente as primeiras impressões que tive foram muito boas!!Otimo livro….

  • Anonymous

    pots, fiquei com vergonha de mim, mas tá dificil achar os seus livros na net ein… o proprio site da editora esta inoperante, no submarino não tem… em algumas lojas virtuais oferecem o livro por até 39 reais, mas não são lojas conhecidas e tem muitas reclamações registradas no buscapé… acho que se derepente você vendesse os livros por conta própria já estaria rico, ouço falar muito bem de você no meio academico… Parabéns.Rodrigo

  • Anonymous
  • Renata

    É uma pena Denilson, mais infelizmente ainda se faz necessário este tipo de conscientização. Seria muito interessante que a pessoa que quer fazer um download do seu livro ou de qualquer outro escritor que se colocasse no lugar do escritor e tentasse imaginar todo o trabalho, pesquisa, tempo, conhecimento adquirido, etc. que se leva para concluir um livro deste porte e respondesse se ficaria feliz com o download dos outros.Eu tenho os seus 2 livros… comprados.Parabém pelo seu trabalho.

  • Anonymous

    Olá Denilson e seguidores do blog,Concordo que realmente não há volta. Esse tipo de pirataria será cada vez mais frequente. Penso que a legislação precisa estudar formas para "oficializar" essa prática e ao mesmo tempo remunerar os autores.Uma idéia talvez seja através dos provedores, que cobrariam na mensalidade um valor determinado que iria para um fundo de direitos autorais e depois distribuidos através de um controle do numero de downloads de cada obra.Sei que talvez não seja tão fácil o controle, mas pelo menos o prejuízo dos autores ñ seria tão grande.Abraços.Denivaldo Moraes

  • Anônimo

    Fiquei sensibilizado com seu depoimento, realmente as pessoas não tem noção de como é escrever um livro,(embora eu não tenha escrito nenhum estou lutando para tal, já percebi a dificuldade), no entanto há autores e Autores assim como editoras, me desculpa, mas a editora que vc contratou tem preços abulsivos na minha opinião, apesar de reconhecer que o material deles é de primeira, conheço um livro do Ulisses Wehby pela campos, a disal também não é barata, vendem livros com 160 páginas por 28,00 reais, é realmente muito caro, muitos livros (não estou falando destas editoras) vendem mais papel que contéudo, usam letras grandes, e cobram caro, um exemplo é a madras, so para citar um exemplo.Realmente não sabia quanto vc ganhavam, e gostei de ler seu relato, pois agora tenho alguma noção.Quanto as pessoas que baixam livros, eu dúvido, e até coloco minha mão no fogo em dizer que nesta esta grande maioria, somente uma minoria lê algo, só baixam paa trancar lugar e dizer "eu baixei isso" mas não lêem, quem realmente vai estudar um material, compra ele impresso, pode ficar tranquilo sobre isso Denilso. Eu baixo livros esotéricos, e psicografados, pois seus autores estão mortos, e muitos deles são em inglês e dificeis de comprar, mas quando se trata de um material diferente eu compro, compro mesmo, pois eu não não tenho tempo nem olhos para licar fitando uma tela de computador, parabéns, continue com seu excelente trabalho, pois de minha pessoa já está muito reconhecido.Abraço e sucesso!!

  • Anonymous

    O Denilso so responde perguntas de quem ele conhece……..isso acontece no orkut tbm ..cansei de deixar perguntas pra ele, mas ele n responde.

  • http://www.blogger.com/profile/10679697389014921166 Denilso de Lima

    Prezado Anônimo, Espero que você leia esta mensagem e a responda. Faço questão disto.1) A maioria das perguntas que respondo aqui no blog são de pessoas que não faço a menor ideia de quem sejam. As pessoas que conheço eu costumo responder por MSN, Skype ou email particular. Embora, eu costume responder aos emails de várias pessoas.2) Recebo por dia uma média de 40 emails. Por semana são 280 emails. Por mês são cerca de 1260. Você consegue imaginar a loucura que é administrar isto? Desta forma eu tenho uma orde de prioridades: 1º) emails de contatos de trabalho [palestras, workshops, eventos, etc]; 2º) emails de familiares e amigos de longa data; 3º) emails referentes a textos no blog; 4º) perguntas enviadas por leitores; 5º) emails sem noção, ou seja, deseninho, bichinho, arquivinho e estas frescuras que não temos como retirar da internet de vez. Assim, sendo os emails que são referentes a dúvidas de inglês ou perguntas eu salvo a todos. Periodicamente faço uma busca nesta pasta para ver qual o tema mais questionado. Assim, decido o que escrever e o que não escrever. Tem emails aqui de um ano atrás e, infelizmente, continuarão aqui até chegar a hora deles [que pode ser amanhã, depois, semana que vem, etc];3) Minha página no Orkut é usada para manter contatos com amigos, fãs, pessoas interessadas em meu trabalho, etc. Ela existe para eu me distrair e saber como meus amigos e familiares estão. Ela não é usada para eu responder a perguntas de inglês. As perguntas são respondidas em outro local [quando a demanda for grande]. 4) Meu MSN não é para dar cursos de inglês. Ele existe para eu manter contato com as pessoas. Falar banalidades. Jogar conversa fora. Manter o networking ativo. Enfim, MSN é para relaxar também. Não para dar curso de inglês online. Acho que você teve uma ideia do que eu quero dizer e de como é meu trabalho. E, principalmente, como eu espero que as pessoas respeitem o meu horário de lazer na internet ou as ferramentas que uso para me distrair de vez em quando [MSN e Orkut] sem ter de me dar ao trabalho de ficar respondendo a perguntas de inglês o tempo todo. Afinal, inglês é meu trabalho e como tal preciso de momentos de distração também.Espero que entenda minha situação. Se você leu até aqui peço que me envie novamente sua dúvida e terei o imenso prazer em respondê-la por email e postá-la aqui no blog.Abraços e sucesso,Denilso de [email protected]

  • Anonymous

    Vai plantar batata, se poem um blog e nao pode responder, apaga ele pras pessoas nao perderem tempo de querer falar contigo. E quanto o Livro me desculpe se foi otario suficiente pra fazer esse contrato com a Editora, agora se vira pato senao vai pra panela.

  • http://www.blogger.com/profile/10679697389014921166 Denilso de Lima

    Cada um com sua opinião! O que posso fazer! Como o blog é democrático fica aí registrada a opinião do corajoso anônimo! Com relação a falar comigo, saiba que todos podem falar, basta ter paciência em esperar a resposta! Já sobre o contrato com a editora, saiba que todas agem da mesma forma! Não é apenas uma editora!Se cuida IP – dá pra saber de onde raios você veio e ir mais a fundo na pesquisa e aí pato vai pro espeto!!

  • bob

    Ta legal sem toda essa chupação de ovo, é muito lindo vc falar de ganhar o seu dinheiro honestamente e que pirataria é errado e bla, bla, bla…. mais enquanto vc ganha o seus R$3,60 eu gato R$ 4,60 pra trabalhar todo dia aqui em São Paulo, subtraia isso do chamado sálario minimo e vai ver que não sobra muito, ainda mais se tiver contas (como todo mundo tem) quem dera todo mundo podesse ir em uma Saraiva e escolher quantos livros quiser, levar pra casa e na semana seguinte fazer o mesmo, e ai gostou da minha matemática?? Não sou do tipo de pessoa que tem uma TV de Plasma um Home Theater e compra DVD´s piratas porque ta economizando alguns reais, eu acredito que todos devem ter direito e acessoa uma boa educação, mais não é isso que acontece. Eu estou aqui tentando ser alguem melhor e se pra aprender a lingua do Obama eu tiver que "burlar o sistema",e deixar de colocar alguns reais no bolso do Paulo Coelho, do Stephen King ou no seu bolso pode ter certeza que eu vou. Se você não é dos mais bem sucedidos, cara eu não posso fazer nada. Mais tem muitos bem sucedidos e empresas grandes que fazem questão de chupar nossa grana (que é bem pouca) na maoir cara de pau. E ao contrário do amiginho anonimo eu eu não me escondo

  • http://www.blogger.com/profile/10679697389014921166 Denilso de Lima

    Legal sua opinião e coragem Bob [se é que este é mesmo o seu nome!]. Você falou apenas da passagem de ônibus que paga na cidade de São Paulo. Não mencionou o dinheiro das baladas, cervejas ou mesmo do dinheiro que pode economizar de outras maneiras e assim comprar qualquer livro que queira sem medo e sem dor na consciência.Se você vai deixar de colocar dinheiro no meu bolso eu não me preocupo. Apenas me preocupo com a inversão dos valores. Alguns dos meus alunos pagam cerca de 100 a 150 reais para curtirem uma balada, regda a muita bebida, muita comida, muito motel e coisas assim. No entanto, ao falar sobre comprar livros no valor de 50 reais eles acham caros demais. Esta inversão de valores é o que me preocupa! Entende!? Eu já dei livros meus [e olha que eu também tenho de comprar] para pessoas realmente interessadas em aprender inglês e que não tinham condições de comprá-los. Aliás, não dou apenas meus livros, já dei dicionários, já dei outros livros, contribuo com todos de forma gratuita através deste blog. Enfim, acho que vai de cada um! Não quer colocar dinheiro no meu bolso!? Não precisa! eu vou continuar trabalhando e batalhando assim como você para realizar meus sonhos. Só não burlarei o sistema para isto! pois para mim honestidade é tudo!:D

  • bob

    Ta legal, vamos lá….. (vou tentar não me prender a detalhes)Você tem razão eu não falei de baladas, moteis ou seja lá o que for, até porque gastar R$150,00 com isso não é de meu feitio (e a quanto tempo eu não vou num balada :( …… ). Falei de ônibus assim como poderia falar de água, energia elétrica , gás e mais etc., etc., e etc. Todas essas coisas vem em primeiro plano para qualquer um aqui, mais não são todos nesse pais que tem condições de pegar oque resta no fim do mês e investir em cultura…. (sem querer ser o coitadinho da história pois não sou mesmo)Como eu disse antes eu acredito que todos deveriam ter acesso ao minimo de educação, e apesar de a internet ser para poucos é nela que nós ainda podemos conseguir informação imparcial e objetiva. Também acredito que essa não seja só minha opinião, existem centenas de possoal que disponibilizam conteudo "ilegal" na internet, sem qualquer beneficio próprio. Conteudo util devo acrescentar, porque eu não estou falando do ultimo filme porno da Rita cadilac, ou qualquer outra p*****Tambem gostaria de deixar claro que quando disse "colocar dinheiro no seu bolso" não me referia a você como pessoa, afinal eu nem te conheço. Me referia a um bolso muito mais cheio, muito mais poderoso que pode ser qualquer Microsoft da vida ou a qualquer outro….O que me levou mesmo a postar aqui foi ver uma legião de possoas concordando com você e mostrando interesse em seus livros, nenhuma delas deixou sequer uma duvida, uma critica analizaram você e sua opinião sem lembrar do que acontece ao redor, e quando alguem o fez, fez de forma errada sem argumento só almentando ainda mais suas razões….(nada pessoal cara). Eu tinha cutuca….Falando em valores, eu tambem acho que há uma inversão de valores, mais não do modo como você pensa… burbar o sistema, eu não acredito no sistema por dezenas de motivos, que não vou listar aqui porque não convem (e pra não almentar mais ), nossos valores sâo diferentes e não vai ser aqui que nos vamos discutilos…Eu vou terminar por aqui, poque se eu escrever mais vai ser um livro.. e eu tambem vou querer aqueles R$3,60Um abraço, e desculpe os erros de português!!!

  • bob

    AFFF nunca mais escrevo tanto…. Obrigado por ter me respondido

  • http://www.blogger.com/profile/10679697389014921166 Denilso de Lima

    Ok! Compreendi seu ponto! Mas acho que agir contra lei não é a melhor maneira de expressar revolta. Enfim, cada um é cada!Veja que não ignorei seu comentário e muito menos deixei você no vácuo. Muito pelo contrário! Acredito que este tipo de coisas devem ser lidas por quantoas pessoas quiserem e sua opinião é bastante válida. embora, eu não concorde com ela.Saiba que há autores e autores! Há aqueles que ganham milhões e há aqueles que não ganham nem R$1000,00 a cada seis meses por seus livros [meu caso!].Quando escrevi o texto acima, escrevi para que as pessoas saibam um pouco como funciona a relação autor e editor. Pretendo conscientizar as pessoas ao fato de que eles estão deixando de alimentar uma criança ou outra de um pai de família quando fazem certas coisas [pirataria de livros]. Reconheço que livros no Brasil são caros! Reconheço que não é fácil para um assalariado comprar um livro ou investir em educação. Reconheço que o Brasil não dá condições. Porém, nem todo mundo precisa virar bandido para mostrar seus descontentamento. Isto parece a história do cara que rouba pães na padaria porque está desempregado e precisa alimentar seus filhos. Onde está o erro? De quem é o erro? Enfim, tudo é uma questão de ponto de vista e ética. E cada um fica feliz com aquilo que acredita.Todos têm a oportunidade de fazer o certo ou fazer o errado. Cabe a cada um escolher o rumo que irá tomar.Saiba que estou aí para ajudar! Concordando ou não com sua opinião, não me nego a continuar fazendo o que faço!:D

  • Leandro

    A discussão aqui está interessante… mas vamos ser sinceros: ta todo mundo cansado de bancar editoras, industria fonografica, etc etc. Minha sugestão: coloca um link para doação ou algo como vendo direta. As pessoas baixam o arquivo e vc recebe mais 3,90. Nao precisa ser no layout da editora, usa o word mesmo e se livra do direto autoral da ediçao e diagramação.Meu professor faz isso com os livros dele, todos estão disponiveis no site e na livraria. (www.dowbor.org). Minha dissertação de economia foi sobre isso: acesso a cultura pela internet e esse professor entrou fundo na proposta.Abçs

  • nani

    Realmente a discussão está boa mesmo…estou lendo essas opiniões ao invés de estar estudando, mas adoro ver pessoas inteligentes debatendo sobre assuntos polêmicos. Mas como Brasil é própria polêmica, vamos ao que interessa, Denilson arruma pra gente pelo menos algumas páginas de "aperitivo", se é que você pode.Obrigada, vou estudar enquanto meu filho dorme, fui.See you =)Elaine

  • Evandro

    Bom eu comentei que vc so respondia perguntas de pessoas conhecidas…….mas quero pedir desculpas pq eu me equivoquei, estava a procura de um site, com uma pessoa que pudesse me auxiliar em algumas duvidas. Nunca passou pela minha cabeça de querer que vc seje professor online, apenas queria uma ajuda. O erro foi meu por pensar que vc estaria ai p/ ajudar o proximo… Quanto a minha pergunta, ja não importa mais… procurei outros meios de resolver, e resolvi Graças a Deus !!! E se uma pessoa te add no msn vc acha que é pra que? Questão de pensar um pouco…

  • http://www.blogger.com/profile/10679697389014921166 Denilso de Lima

    Evandro, não entendi bem seu comentário… Será que você errou o local? Em todo caso, infelizmente, devido ao meu trabalho [viagens, livros, palestras, etc] nem sempreeu consigo atender todas as pessoas da forma que desejo. Mesmo assim faço o possível e o impossível para ajudar quem quer que seja. Porém, respeito e compreensão devem fazer parte do cardápio de ambos os lados. Afinal, nem sempre tenho todo o tempo do mundo para atender a todas as pessoas. Se você me tem no MSN fale comigo e te explico melhor a situação.

  • Anonymous

    Eu fui uma das pessosas que chegaram aqui a procura de "Como Não Aprender Inglês livro download" , mas eu só estou baixando pq não tem como comprar =/

  • Juliana

    DenilsonCreio que é muito importante realmente a venda de livros por seus autores e sua remuneração por isso. Creio então que poderia pensar num livro digital, que pudesse ser adquirido via web. Pense nos que se encontram fora do país ou que tem acesso limitado a livrarias e que tem acesso a grande rede e pudessem adquiri-lo assim.Muitas das vezes procuramos livros na internet porque nao encontramos em livrarias.Muito obrigada

  • João Paulo

    Eu cheguei aqui procurando o material de um site pra baixar – não era seu livro, mas de outro autor – mas você me convenceu. Tem total razão. Farei questão de comprar. Bela sacada a sua.

  • http://www.blogger.com/profile/12171308887760783964 Prado Vinicius

    Parabéns por sua postura, afinal, ser professor e escritor é muito difícil por todos os aspectos que já conhecemos. A falta de valorização por parte de quem estuda também às vezes acontece. Mas o debate é a primeira pauta para haver a devida valorização!

  • Anonymous

    Pois bem, a discução é boa. Só não gosto quando alguém usa um ponto de vista vazio e sem muita consistência.Quem pode comprar e tem seus príncipios éticos p/ isso, compre.Quem não pode, não compra ou faça como queira e sua ética lhe permite.Bem, eu sou da época que a cartilha caminho suave tinha que dar lá em casa p/ 3 usarem, e que escrever em livro era sacrilégio, mas, mesmo assim meus pais nunca deixavam de comprar os livros pedidos pelos professores, eles eram encapados e guardados como membros da família.Tenho esta mania até hoje de encapar os meu livros.Não troco o bom cheirinho de livro novo por nada, p/ mim livro é sagrado. Não me importo de da-los ou doa-los, livro tem ser lido.Não gosto só dos renomados, tem que ser bom e consistente, e boa ilustração(infantil).Pelo menos 1x no ano tiro um valor p/ comprar novos livros, no momento são mais p/ o meu filho, que assim como os pais ama ler.Tenho vários livros sobre Inglês e nenhum do Denilso, no momento, assim que der irei comprar c/ certeza.Bem, sou a favor da digitalização dos livros, por serem mais barato p/ aqueles que precisam ter e no meu ponto de vista, descomplicado p/ quem os criam.com esse negócio de sustentabilidade, seria um ótimo incentivo, mas, quem gosta de papel como eu e preferem, poderiam imprimi-los em casa, aesy!!! Cakewalk!!! essa eu aprendi aqui.rsrsO que vc acha, Denilso?!Vc iria ganhar por download, fora as publicações. Fora mais gente lendo o seu trabalho e sendo valorizado e reconhecido.Um abraço….E muito obrigada pelo blog e pela ajuda…[email protected]

  • http://www.blogger.com/profile/10679697389014921166 Denilso de Lima

    Karla,Seu comentário é bastante válido. Infelizmente, a decisão cabe mais à editora do que a mim. Isso por que eu escrevi os livros, mas eles pertencem à editora. Dois de meus livros já estão em formato de ebooks e são vendido na internet por preços bem mais em conta do que as versões físicas. No final, para ser bem sincero, para o autor não muda nada, pois o que ele ganha continua sendo uma pequena porcentagem sobre o valor do livro (seja em formato eletrônico ou não).Deixo claro, que não estou me lamentando por isso. Adoro o que faço e faço muitas vezes por prazer. Adoro escrever, seja livros, ebooks, artigos, posts para esse blog, etc. Como adoro o que faço, espero ganhar algo por isso seja direta ou indiretamente. Se eu pensasse apenas no dinheiro, esteja(m) certo(a) de que esse blog não existiria com suas mais de 1000 dicas inéditas. =)

  • Anonymous

    Deixa sua conta do banco que eu te deposito muito mais que a editora te paga e faço o download do livro… Sério, acho que você deve começar a vender seus ebooks por conta própria, editora não é mais a solução pra nada, com a internet você não precisa sair distribuindo seu livro em papel por aí. Você até pode ganhar uma outra grana com a propaganda de venda de e-readers. :)

  • Anonymous

    Denilso hoje em dia voce pode publicar seus proprios livros (com editora independente) ou pode recair nos Ebooks. Porém, o paradoxo é que voce nao é atrelado as grandes editoras, e isso pode significar baixas vendas/falta de confiabilidade. Outro problema é que ebooks sao incrivelmente fáceis de copiar e piratear.Realmente é um catch-22!!A nao ser que vc faça como escolas que vendem kits de vários livros que muitas vezes nem sao utilzados ao estudar lá. Diga o que disser, ganham dinheiro e muito..Parece que cada vez mais ser honesto é um mau negócio..quando se ve os desonestos getting away with murder, desanima mesmo…Hugs!

  • Lucas

    Eu vou comprar dois de seus livros para dar aulas de inglês. Espero que Deus te abençoe muito. Obrigado por compartilhar o seu conhecimento conosco.